babe64a5ec26cfba175d2dd342119a0f-783x450

Venham de lá esses milhões

por 17 de Agosto de 2015Os textos do Damas0 Comentários

Findo que está o primeiro fim-de-semana do campeonato, e cumprido o principal objectivo de conquistar os primeiros 3 pontos, as atenções estão já viradas para aquele que será o primeiro grande teste da nova época. Depois da exibição menos conseguida perante o recém promovido Tondela, a turma de Alvalade terá de elevar a fasquia se quiser levar de vencida uma equipa que já vai com 5 jogos realizados no campeonato russo. O conjunto comandado por Leonid Slutsky é líder isolado da prova, contanto só com vitórias até ao momento e tendo sofrido apenas um golo em todos os jogos realizados. Desenganem-se aqueles que pensam que este será um adversário fácil de ultrapassar, pois o CSKA é tudo menos um osso fácil de roer. É claro que é um adversário que está ao nosso alcance, no entanto, todo o cuidado será pouco para que não sejamos supreendidos por uma equipa que já o fez em nossa casa na final de uma competição europeia.

A entrada na liga milionária é um dos objectivos mais importantes da temporada e isto é um facto incontornável. Bruno de Carvalho já veio reforçar essa ideia ao comunicar aos sportinguistas que, caso essa meta não seja alcançada, a saída de jogadores do plantel que possam render bons créditos ao clube será certamente o cenário mais provável. E compreende-se que assim seja. É muito importante que se mantenha este hábito saudável de estarmos na maior e mais prestigiada montra do futebol mundial, tanto por motivos desportivos, no que a prestigio para o emblema e valorização de jogadores diz respeito, como por motivos financeiros. Para que o nosso crescimento económico e a nossa capacidade de ombrear competitivamente com os nossos rivais aumente de ano para ano, é imperativo que isso aconteça. O Sporting Clube de Portugal pertence à elite de clubes europeus e isto não é mais do que um regressar a um lugar nosso por direito e o qual deveremos sempre saber ocupar.

A missão de Jorge Jesus e seus pupilos será espinhosa, disso não há qualquer dúvida, porém, a experiência e a ratice do nosso treinador, deixa-me bastante optimista para os dois confrontos que aí vêm. Sem qualquer baixa de maior relevo, ou pelo menos sem nenhuma a juntar à de William, uma vez que Naldo parece-me ser suficientemente competente para esquecermos Ewerton durante uns tempos, a equipa estará na sua máxima força para esta terça-feira. Seria bom se pudessemos arrumar já a questão da eliminatória na primeira mão com um resultado volumoso, no entanto, qualquer vitória sem golos sofridos, já nos deixaria mais próximos da tão desejada qualificação.

O nosso papel de décimo segundo jogador terá uma enorme importância para este efeito. Apelo, desde já, a todos os que se possam deslocar amanhã ao estádio para que o façam e que apoiem com toda a força os rapazes de verde e branco. Vamos acionar o vulcão de Alvalade e mostar aos russos que estamos sedentos de vingança de acontecimentos passados, ajudando os leões que vão pisar o revaldo a devorar de forma impiedosa a presa moscovita. Força Sporting, vence por nós!

P.S.: um leão precisa de férias. Primeiro, porque trabalha, mas até para se preparar para a época cheia de emoções e glórias que o Sporting nos promete.

Mas um leão não deixa cá o sportinguismo nem esquece o blogue e os seus leitores, mesmo fora daqui.

Portanto, o texto é do “muy sportinguista” e amigo “Sporting, tu vais vencer”, que me honrou com o pedido de o transcrever de uma sms para o Redes do Damas.

Um forte abraço e desejo de boas férias ao escriba e a todos os leitores que as desfrutem. Saudações leoninas, viva o Sporting!