fj

Uma Carta Para o Schalke

por 12 de Dezembro de 2014O Sporting lá fora, Os textos do Damas0 Comentários

Olá Schalke 04,

Vou dispensar apresentações e formalidades contigo. Com certeza, deves saber o porquê.

Sabes, aqui em Portugal, há também quem se equipe com as tuas cores, quem jogue com outros símbolos, outros patrocinadores e os mesmos princípios. Dentro do relvado, onde apenas devíamos viver o prazer do futebol, somos fintados pela corrupção, pela injustiça e por esquemas de manipulação.

E isto, é tudo passível de ser investigado e por arrasto ser apresentado junto das instâncias competentes. Ah espera! Afinal não vale a pena, não é Gordo-vai-à-baliza Duque?… Enquanto existirem 3 pontos para o Benfica ou para o Porto, assobia-se para o lado e não pasa nada. Até podia dar um ar mais formal à coisa, mas o desrespeito é de tal forma evidente que não sobra tempo para grandes textos líricos.

Aqui, na Tugolândia, tudo é feito à descarada. No conforto do lar, assisti-se à propagação de um cancro que está de tal forma enraizado, que acaba por afectar todos os sectores da sociedade. No entanto, e como é sobre futebol que estou a escrever, é neste ponto que relaciono o tema do texto com o vosso clube.

É também aqui, neste pais, que existe um clube que se demarca de todos esses cambalhaches. Existe o Sporting, lembras-te?
Fomos a tua casa para ser roubados. E, agora feitas as contas, não foram 500 mil euros, foram 3.5 milhões que arderam. Um dos lances que entrou directamente para a galeria dos maiores escândalos da Liga dos Campeões, a UEFA não o viu? a FIFA não o viu?

Todos sabemos que sim. E vocês também sabem que não quiseram ver. Em Portugal, justificar-se-ia que as imagens, à semelhança das escutas, são ilegais. Aí desse lado, por saberem que pertencemos a um país onde a corrupção é servida em todo o lado como prato do dia, nem se deram ao trabalho de camuflar nada. O patrocinador é um dos aliados de peso desta competição e como diz um dos nossos ditados: Há que fazer render o peixe.

Aqui, deste lado, está alguém com um melão gigante. E não serei o único certamente. Está alguém indignado porque viu o seu clube ser involuntariamente apanhado nestes esquemas de corrupção. Ou tu achas que nós achamos que foi um erro?

Já te demonstramos que não. Já te mostrámos, por exemplo, que quando o que conta é a redondinha nos pés, somos capazes de te envergonhar e fazer-te sair corado com o rabinho entre as pernas. Mas tu, mesmo depois da forma corrompida como tens acesso aos oitavos, agradeces, à cara podre, ao Chelsea pela ajuda?

Toda a Europa do futebol não dá nada por ti. Escreve-se e fala-se timidamente do teu apuramento. Em Inglaterra, a esta hora, não falam do teu Huntelaar ou do Farfan. Eles ainda se devem estar a interrogar, se o número 18 não era o Nani, ou se aquele fininho a defesa central tem algum grau de parentesco com o Ricardo Carvalho.

Foi isto que nós deixamos nesta participação na Liga dos Campeões. Classe, talento, juventude, putos da formação, suor, amor à camisola. E tu?

Estou aqui deste lado a fazer figas para que te calhe o Real. Para que percas é verdade, mas também para que a palavra Sporting te continue a assombrar durante a prova, e quem melhor que isso senão Cr7?

Não te preocupes connosco. Estivemos nesta competição com dignidade, agora vamos para a Liga Europa. Se pensas que caimos, posso-te dizer que foi de pé. Posso-te igualmente dizer que vamos continuar a escrever uma bonita página na nossa história. Algo que tu não conseguirás, nem por valor, nem por princípios.

Nós, adeptos do Sporting, fizemos mais uma demonstração do que é uma Onda Verde. De como a fé, é perita em mobilizar as tropas, de como acompanhamos um clube como uma estranha forma de vida, de quem vive por isto sem patrocinadores, sem esquemas, sem aldrabices. Ao fim ao cabo, nós vivemos isto por amor e por paixão.

Esta parte já não percebes? É natural. Isto é o Sporting.