bd

A mão firme de Bruno de Carvalho

por 5 de Novembro de 2014Hoje é dia de Sporting0 Comentários

Foi grande a polémica que se gerou em torno das palavras de Bruno de Carvalho em consequência das exibições das equipas A e B no passado fim-de-semana. As opiniões entre adeptos dividiram-se: Há quem pense que o presidente esteve bem ao mostrar os seu descontentamento, outros pensam que esteve mal por ter vindo publicamente “criticar” as más exibições que valeram pesadas derrotas às duas equipas. Peço-vos que acompanhem o meu raciocínio e tenham em consideração a minha opinião.

A verdade, é que Bruno de Carvalho além de ser o nosso representante máximo, é também um adepto fervoroso e as suas declarações, são muitas vezes um misto de discurso de adepto com o de presidente. Todos nós ficámos destroçados com a derrota em Guimarães. Uma semana depois de termos reduzido a desvantagem para o primeiro lugar, voltámos a dar um passo atrás, ficando novamente com 6 pontos de desvantagem. Como candidato assumido que somos ao titulo, é óbvio que nenhum adepto aceitou isto de ânimo leve. Bruno de Carvalho também não aceitou e fez questão de passar essa mensagem a todos os sportinguistas. Sinceramente, não vejo mal nenhum nas suas palavras, muito pelo contrário.

Meus amigos, chega de paninhos quentes em Alvalade, é necessário ter mão firme quando as coisas correm menos bem, lembrar toda a gente que somos o Sporting e que vestir a nossa camisola traz responsabilidades acrescidas. É necessário que os jogadores sintam o peso da nossa história e que encarem cada jogo como uma final, pois todos os pontos são valiosos para a obtenção dos títulos que tanto ambicionamos. Não podemos sofrer de confianças excessivas, nem tão pouco subestimar qualquer adversário que seja, devemos manter a humildade e a seriedade em cada partida que disputamos. Para que o Sporting cresça e vença da forma como todos queremos, é imperativo que exista um balneário forte, que se elogie a equipa quando for caso disso, e que se repreenda quando a atitude for aquela que se viu em Guimarães – pouco condizente de um clube com a nossa dimensão. Todas as equipas perdem jogos e não é isso que está em causa, mas mesmo na derrota devemos ser grandes, como fomos na Alemanha frente ao Gazprom Schalke, onde fizemos de tudo para evitar perder pontos e de onde saímos de cabeça erguida. Devemos vender caro cada ponto que perdermos, como Leões que somos, devemos mostrar sempre a nossa garra, defender sempre as nossas cores com alma e coração, pois é isso que este clube e os seus adeptos merecem.

Foi com agrado que li as palavras de William Carvalho acerca das declarações de Bruno de Carvalho, era esta a reacção que eu esperava de uma equipa consciente de que falhou e que sabe que jogos como este não se podem repetir. É bom saber que a equipa está alertada para isso, que tem maturidade suficiente para saber aceitar as criticas e dar o seu melhor para corrigir as falhas que levaram ao insucesso. Todos nós trabalhamos todos os dias, temos os nossos empregos. Se falharmos, somos chamados à atenção, e como profissionais que somos, damos a nosso melhor para que situações como essas não voltem a acontecer. Porque é que com o jogadores de futebol havia de ser diferente?

 

Nota: Aproveito para avisar  que o jogo de hoje entre ABC – Sporting , às 21horas, terá transmissão directa aqui n´As Redes do Damas.