marco

Isto é o Sporting!

por 20 de Outubro de 2014Os textos do Damas0 Comentários

Passados dois dias após o apito final no Dragão, eu ainda não consegui parar de sorrir. Não consigo. E por mais que tente encontrar palavras para descrever o que vai dentro de mim, apercebo-me que nada é suficiente para poder ser exacto e preciso quanto ao meu estado de espírito. Mas quero muito escrever este artigo…

Depois daquilo que vi no Sábado, não posso deixar de falar sobre um amor que me faz sorrir compulsivamente, que me faz saltar de alegria a cada golo conseguido e que faz bater o meu coração a uma velocidade descontrolada. É indescritível. Só uma paixão muito forte pode fazer um homem sentir tudo isto… E que outra, senão a que tenho pelo“meu” Sporting, para estar horas a fio a gritar pelo seu nome até ficar sem as cordas vocais. Para tudo aquilo que olhava, conseguia encontrar verde e branco. Eu precisava de falar. Precisava de deitar tudo cá para fora. Era forte demais e não conseguia guardar tudo para mim. Queria discutir cada lance, comentar cada golo, cada pormenor importante de cada jogador, cada exibição, cada substituição, tudo! Foi fantástico, uma felicidade enorme e como há algum tempo não sentia. Sábado, foi um grande dia. Um dia em que não foi o Dragão a cuspir fogo no seu ninho, mas sim o Leão, que montou uma emboscada e sem piedade, cravou-lhe as garras no pescoço e devorou-o com três dentadas.

Confesso que jogar em casa de um rival e terminarmos a partida a gritar "olés", era algo que não me passava pela cabeça. É certo que havia confiança, havia um acreditar enorme dentro de mim, e disse-o a várias pessoas com quem fui falando durante a semana, mas havia também um certo receio de que ficasse por aqui a nossa prestação na Taça de Portugal. Este receio não se limitava apenas à qualidade da equipa do Porto, estendia-se também à equipa de arbitragem - Depois da forma como fomos eliminados na luz na anterior edição, era normal que estivéssemos escaldados quanto a este “pequeno” pormenor. Ainda para mais, quando o árbitro designado para o jogo é um assumido adepto portista. No entanto, desta vez, nada foi capaz de nos parar. Nem o fiscal de linha, que parecia não ver os foras de jogo do ataque azul e branco, nem Jorge Sousa, com penaltis forçados, conseguiram inverter o percurso natural do jogo.

Foi com imenso orgulho que vi a nossa malta jogar daquela forma. É difícil estar a destacar alguns pontos em especifico quando acho que estivemos tão bem no geral. Fomos mais fortes como equipa, organizados, dominámos quase sempre o meio campo, fomos mais objectivos e tivemos sempre mais vontade de vencer o jogo. Sabíamos que só a vitória interessava e não havia volta a dar. Fomos gigantes! Como disse Marco Silva e bem na conferência de impressa, fomos sempre superiores ao nosso adversário. Impusemos o nosso futebol e a nossa ambição, acreditando que conseguimos vencer este adversário.

E agora para ti Marco: Obrigado! Obrigado por seres o excelente treinador que és, por teres abraçado este projecto com todas as tuas forças e de nos fazeres acreditar que podemos e devemos vencer qualquer jogo. Obrigado pela tua ambição, pela tua determinação e pela tua vontade de quereres triunfar connosco. És o homem certo para o lugar que ocupas e a cada jogo que passa provas de que estou certo. É verdade que ainda não ganhámos nada, que apenas passámos uma eliminatória, porém, vencer este jogo era algo muito especial. Derrotar o Porto em casa não é tarefa fácil, mas derrotá-lo da forma como nós fizemos é algo raro, grandioso e inesquecível. Foi categórico e memorável. Só alguém destemido como tu o poderia fazer desta forma. Muitos iriam vacilar se estivessem no teu lugar, iriam temer olhar o adversário olhos nos olhos e jogar o jogo pelo jogo, iriam acusar a pressão, mas tu não. Tu deixaste bem clara a tua posição, a tua personalidade e a cada jogo que fazemos somos cada vez mais fortes e mais temidos. Isto é o Sporting!

Agora, é carregar baterias e fazer uma exibição deste gabarito em Gelsenkirchen. Não poderíamos ir mais moralizados do que isto e eu como sempre acredito que tu, Sporting, vais vencer!

http://youtu.be/ol_V2FW08y0&w=600