ngDCE1D74A-5096-450E-AE8B-924C914CD734

Mea Culpa!

por 18 de Agosto de 2014Os textos do Damas0 Comentários

Domingo à noite serve para juntar a família. E foi o que fizémos. Em horário oportuno deixamos a tela da TV em tons de verde para assistir ao tal pedido de desculpas, que se esperava, de Marcos Rojo.

Há mais aspectos positivos do que negativos. Do pior que nos foi premiado poderemos falar do espírito de grupo (que leva sempre um encosto) na pré-concentração do primeiro jogo do campeonato e poderá ter estado indirectamente relacionado com a perda de 2 pontos num terreno sempre difícil, mas acessível à nossa qualidade. Gostei de ver o reforço Sarr a varrer uma grande parte dos lances mas Rojo na defesa traz mais maleabilidade e teve no entanto de ser o Xerife Maurício a picar com os estudantes para mostrar quem ainda manda por aqueles lados.

O grande aspecto positivo a tirar é sem dúvida quem ganhou o braço de ferro dos interesses leoninos. Além de se ter mostrado que cá dentro os contractos são para cumprir e respeitar, tanto em Portugal como lá fora, o fundo de investimento Doyen Sports já não é visto com bons olhos em questões de verdade desportiva. Mascararem-se de "directores dos Red Devils" tem tanto de cómico como de surreal e até a imprensa estrangeira enalteceu a maneira como o Sporting Clube de Portugal se comportou e expôs tamanha precariedade ideológica. Outro positivismo a retratar é o da estrutura leonina. O que se faz é para benefício do clube, que tantas vezes pretende imparcialidade e verdade desportiva. Se tínhamos a faca e o queijo na mão, este episódio trouxe-nos ainda mais credibilidade face a "eventuais" inimigos.

Que sirva também de aviso para Slimani. O canal SportingTV não está activo para religiosamente mandar abaixo quaisquer cérebros anti-Sporting, serve também para mostrar modalidades, notícias e casos como este último em que Rojo se redimiu em quase boa altura. Não foi nada escondido e o santo adepto agradeceu. - As portas do estúdio estão abertas, Islam!

Agora o assunto é Marcos Rojo fazer parte do 3-5-2 ou 3-4-3 do Manchester United a troco de 20 milhões (que saberão a pouco no final de contas) e  Nani regressar por um ano de empréstimo sendo que os Reds se comprometem a pagar o total ou grande parte do vencimento. Vamos esperar pela confirmação até ao final do dia de amanhã, depois do treino aberto no Estádio José Alvalade, às 17 horas.

Se o homem que vem do noroeste de Inglaterra se chamar Nani, será, sem sombra de dúvidas, uma mais valia para o plantel. Volta a uma casa que bem conhece, é titular de caras no onze e serviria para quebrar a inconsistência das nossas alas, que não têm tido notas regulares ao longo dos jogos. Queremos é que o menino venha em forma, contrariando a época decepcionante onde não foi aposta regular por parte de David Moyes.

Ainda falando em reforços, vamos entrar numa fase embriagada na maior parte dos mercados internacionais até ao dia 31 de Agosto. O tempo urge e já se notam falhas a corrigir na prestação de algumas equipas a nível oficial, por isso estes são aqueles dias em que poderemos esperar qualquer coisa a qualquer hora. O nosso Miguel Lopes que já estava com uma guia de marcha para mais um empréstimo admite baixar o ordenado para ficar no plantel dos leões, o que a meu ver seria excelente, visto que André Geraldes, a tal alternativa ao Cedric, ainda não se encontra no ponto de rebuçado para dar conta do recado. Esgaio, o miúdo da Nazaré, também tem vindo a fazer o trabalho de casa de forma notável e um "crossplay" entre a equipa A e a B poderá dar-lhe mais oportunidades para ser um reforço crucial no plantel principal, o tal que acredito que será campeão em Maio.

 

Verde, logo existo!