s-n

Empréstimo, outra vez…

por 20 de Julho de 2014Os textos do Damas0 Comentários

«Estamos muito felizes por ter concluído esta negociação e confiantes de que Wilson irá ajudar-nos a atingir os nossos objectivos. É um jogador de muita qualidade, rápido e objectivo, que pode jogar em várias posições do ataque» Zoran Mamic, director desportivo do Dínamo de Zagreb.

Wilson Eduardo, ao que tudo indica, tem a Croácia como o seu próximo destino. Aos 24 anos, vai ser cedido novamente por empréstimo.

Se por um lado, Wilson é um jogador da casa, extremamente profissional e com uma qualidade ligeiramente acima da média, por outro, é também um jogador que ao longo da sua carreira é sucessivamente cedido por empréstimo a outros clubes.

Isto demonstra bem que apesar da sua “rodagem” noutras paragens, nomeadamente em equipas da primeira liga, não foram suficientes para que se conseguisse impôr e ser uma opção válida nos diferentes planteis do Sporting.

Na época passada, na qual, as expectativas não eram elevadas, Wilson Eduardo conseguiu um lugar no plantel de Leonardo Jardim, tendo realizado uma época com números positivos quer ao nível de assistências quer ao nível de golos, contudo, também foi bem visível em muitos outros jogos, que este leão da casa, tem as suas limitações e fragilidades.

Neste momento, Wilson, na tentativa de convencer Marco Silva, respondeu com golos. O técnico leonino, ao que parece, não ficou entusiasmado. A fasquia e ambição em Alvalade, ganham finalmente contornos reais. Pessoalmente, apesar de Wilson Eduardo ser um produto da casa e um bom jogador, não é mais do que isso. Para defender e usar a camisola do Sporting clube de Portugal, é preciso mais do que profissionalismo e muito mais do que ser razoavelmente bom. Não podemos esperar, nem achar, que todos os jogadores oriundos da melhor fábrica de talentos do mundo, sejam “Cristianos Ronaldos” e “Nanis”, como também não nos pudemos iludir que por ser da formação tem obrigatoriamente que fazer parte do futebol profissional do Sporting.

Apesar de representar e defender sempre o Sporting com “unhas e dentes”, o futuro de Wilson Eduardo não passa por Alvalade. Wilson não é o melhor de todos os rapazes de verde branco, mas será sempre um dos nossos!

Boa sorte, Wilson Eduardo!

 

Sporting sempre