• Lion
  • 10153121_508054252633309_9013533832218493224_n

Tá um spoiler do carago!

por 7 de Maio de 2014Os textos do Damas0 Comentários

“Fala a regra da boa educação que, quando temos oportunidade de fazer as duas coisas, pedir licença é bem mais assertivo do que pedir desculpa. É a fazer jus a este lema que se avisa desde já que podem existir conteúdos “spoilers” acerca do nosso Portugal desportivo nas letras abaixo ordenadas. Nada de exaustivo, não se preocupem.”
A noite até que se encontra bem iluminada mas o meu corpo já se ressente do peso do dia laboral e junta ainda uma réstia de ressaca do fim de semana. Motivo mais do que suficiente para ir esticar o esqueleto para a cama mas o problema chega quando a insónia ataca, misturando uma qualquer série televisiva ou filme com a actualidade do panorama desportivo. Tento recarregar baterias do meu gigante porte físico (o mais fixe de escrever isto é que posso exagerar na minha estatura) mas o cérebro fica a mil à hora no limiar do consciente/inconsciente sem saber se estou efectivamente a dormir ou acordado.

Vejo um Game of Thrones em que uma tal realeza munida de dragões quer recuperar o trono outrora perdido para outra “família”. Os interesses por esta hegemonia assemelham-se bem aos de um clube do norte que perdeu poder no domínio futebolístico mas que querem voltar a meter medo embora já cientes do que é que é o sabor da derrota. A família Lannister da capital prepara-se para defender esse assalto ao poder com alianças estratégicas que nem sempre são reconhecidas por éticas mas continua a auto-proclamar-se a mais forte de sempre. Se houver alguém que queira usar um caminho mais justo para a vitória poderá ser abafado pelo sistema há muito construído que favorece exclusivamente os mais ricos.Aqui também começam a entrar partes do Hunger Games já que num cenário carregado de guerras o povo acaba sempre por puxar por aquele que tem melhores patrocínios pois tem mais hipóteses de vencer. Os outros que se ambientem ao desfecho.

A estas alianças estratégicas vem à baila o caso Prision Break. O objectivo será sempre fugir de uma prisão, tanto de quem fez por estar lá como quem não fez. O método “a todo o custo” favorecerá um Boavista que tem em cima da mesa uma cedência de direitos televisivos à BenficaTV a troco de jogadores. Tudo o que seja possível para voltar a ficar entre os grandes do futebol nacional. Interessa mesmo é a sobrevivência sem mencionar que o Benfica acaba assim por segurar pelo menos 3 transmissões importantes com os grandes num canal que não ganha prémios por ser imparcial. Parece que estamos a assistir a um debate do Passos Coelho com o Seguro em pleno comício laranja. Não dá mesmo…

Confesso que também gostei do filme Mestres da Ilusão. Gera um certo conflito na minha consciência quando leio ou oiço notícias. Falamos de um grupo de indivíduos que ganham a vida a iludir a realidade e quem assiste começa por acreditar que é verdadeira. Por cá assisto a declarações do Bruno de Carvalho que são impressas de forma, sei lá… conflituosa. Assiste-se a muito espectáculo nas news portuguesas e gargalhadas para todos os gostos:«Tenho a certeza quase absoluta, para não dizer absoluta, sintética e analítica, que o William continua no Sporting, mas nunca se sabe se vai aparecer algum clube que tenha interesse em levá-lo pela cláusula de rescisão» – BdC«Garanto que William não sai» – Magia made in Record

Sons of Anarchy! Boa série carregada de emoção, vinganças e danos colaterais que recaem nos mais inocentes. Temos ouvido mais vezes do que o aceitável a expressão “Shit Happens”. Queixámo-nos de golos, penalties, foras de jogo e pedem-nos calma porque falamos demais. Até em jogos a feijões podemos falar de situação A, B ou C mas se pegamos nisso agora, ui, até lhes salta a tampa, coitados.Nos meus sonhos (pesadelos) entrelaço isso com o genial Fight Club, sabemos no fim que afinal o que pensávamos serem 2 pessoas distintas, era apenas um gajo com uma consciência dividida em 2 personagens que interagiam. É igual a termos ouvido que a nomeação dos árbitros não sai mais cedo para os proteger. mas antes do último Sporting – Porto já se sabia no início da semana quem tinha sido designado para arbitrar o jogo fazendo com que a pressão saísse do topo da torre por instantes. A merdosa troca por si só (des)esperada foi mais ou menos explicada…

Virando a página, nos laboratórios da nossa academia vemos gente jovem com boas prospecções de sucesso futuro. É a nossa Teoria do Big Bang! Pessoal unido que não desespera para que aconteça mas que sabe que poderá eventualmente ganhar um Nobel na área que pratica. É certo que, por vezes, uma ou outra situação menos feliz possa surgir mas o espírito está lá sempre no início de cada episódio. E ainda tem uma gaja boa… mas não sei em que área desportiva a posso incluir! Desculpem-me por isto.

De laboratórios falando, não fica de fora o tão bem premiado Breaking Bad! Este traduz, a meu ver, as modalidades tanto na pureza em si, como de sustento no negócio. Sem querer falar no Crystal methamphetamine, isto é um produto que se faz, muitas das vezes escondido dos olhares alheios, mas que as televisões teimam em não aproveitar. Quem quiser Andebol, Basket, Hóquei, Atletismo, etc. tem que o procurar maioritariamente em locais camuflados porque o que é bom hoje em dia passa por 4 ou 5 gajos a falarem da única modalidade que conhecem num qualquer programa de café.

Prolongar-me ia por mais argumentismos e personagens porém se o Hank Moody (Californication) tem uma vida recheada de casualidades sexuais e continua sempre a pensar na sua ex-Lady ou por outro lado a Bella (Twilight) anda indecisa para saber se há de escolher necrofilia ou zoofilia o que tem dado que falar na actualidade dá para metaforizar tanta coisa que só vejo uma expressão que me faça dormir descansado e a mesma só pode ser:
TO BE CONTINUED…

Verde, logo existo!