Limite é coisa que não existe aqui!

por 5 de Abril de 2014Mão Verde0 Comentários

Qualificação histórica! Foi este o título que a página online do nosso grande amor usou para descrever a nossa passagem aos quartos de final da Taça EHF, após o Nantes ter perdido com o Presov, no último jogo do grupo C. O resultado interessava-nos embora tenhamos feito uma campanha notável para uma passagem mais confortável.

Embora no último jogo, aparentemente o mais difícil, tenhamos perdido com o Montpellier em França por 36-31, deixámos o andebol português bem representado com prestações positivas, resultados convincentes e estatísticas enaltecedoras por parte da organização acerca do Sporting. Como argumentou o treinador Frederico Santos esta qualificação deve-se sobretudo à ambição dos atletas que querem fazer história. A ter razão, essa história caminhará ao lado do Mister já que a direcção renovou o contracto por 3 épocas. Justíssimo!

O sorteio ditou que o duelo agora seja feito com SC Pick Szeged da Hungria em jogo a 19 ou 20 de Abril em solo nacional sendo a 2ª mão uma semana depois, de onde sairá o bilhete para a Final Four, Esta equipa ganhou o grupo C com 10 pontos mas já se cruzaram com portugueses esta época. Eliminaram os nossos eternos rivais vermelhitos numa combinação de 56-49 nos dois jogos. Sabemos de antemão que vai ser super difícil mas não poderemos considerar um bicho de 7 cabeças. Se tivermos que estar atentos a prestações eles certamente saberão que temos o Portela e o Solha nos 3 melhores marcadores. Portela com 48, Solha com 38 (menos 3 golos que o 2º classificado que já se encontra eliminado) que em muito têm contribuído para o melhor ataque da prova.

Olhos postos em Berlim. A fase final é por aqueles lados e no entanto aqui tão perto. O que é certo é que numa altura em que Portugal perdeu uma vaga na EHF já para a próxima época conseguimos uma passagem inédita, como nunca nos tinha acontecido nem a qualquer clube português.Para mais auto-motivação basta pensar que no jogo contra o Montpellier fomos para o intervalo a perder por 6. Acabámos a perder por 5 o que quer dizer que ganhámos a 2ª parte por 1 golo num pavilhão de uma dificuldade ambiental extrema. De mim tudo ou nada quer isto dizer mas acredito que essa 2ª parte foi feita cheia de vontade. E vontade é meio caminho andado para mandar um muro abaixo…

Cá por águas lusitanas o campeonato está cheio de saúde. Com a vitória no Dragão por expressivos 25-20 o ABC veio desarrumar esta m**** toda. Lidera agora com os mesmos 40 que os azuis, mais 2 que nós e mais 3 que o Benfica. Mais do que “tombas” os amarelos do Minho meteram-se agora numa luta a cinco o que é benéfico para a modalidade e claro, para o nosso desejo de passar a meta em primeiro.O nosso próximo jogo é já este Sábado com o Águas Santas Milaneza que se encontra com 35 pontos logo, não vai ser fácil. É muito importante ganhar esta partida já que esta mesma jornada reserva também um duelo do Benfica com o Porto e esperamos que se estraguem um ao outro.

O Águas Santas – Sporting foi marcado para dia 05, Sábado, às 16h00 dada a transmissão n’Abola TV por isso caro adepto, não há desculpa para não ver o jogo. É nos pedido um apoio ainda mais forte que nunca nesta fase final da época para sermos o 8º jogador. Seja a esbracejar num pavilhão, a gritar para um streaming ou até a mandar chapadas na TV o que interessa mesmo é um compromisso mútuo porque são precisos dois para dançar o tango. E que dois que nós somos…

Verde, logo existo!