• ng3E557808-4401-4A7B-9529-AE9D7159C803
  • ng3205379

A semana da banana!

por 30 de Abril de 2014Os textos do Damas0 Comentários

A banana é uma fruta rica em fibras, potássio, vitaminas C e A.
Mas afinal também se fala de nutrição por estes lados? Os últimos dias apontam para que se toque no assunto de forma subjectiva, claro.

Desde uma onda gigante que invadiu as redes sociais depois dos últimos casos de racismo, tirar uma selfie a comer uma banana mostra uma sociedade impiedosa (e ainda bem) que já consegue defender uma causa da maneira o mais alastrante possível e com resultados positivos, tal o impacto.

O golpe de mestre foi dado pelo Dani Alves no jogo com o Villarreal. Todos temos as nossas preferências clubísticas além Sporting mas o que o homem fez… merece uma estátua. O tal adepto foi irradiado do El Madrigal e qualquer que tenha sido a sua razão para tal feito o karma diz-nos que se algum dia escorregar numa casca de banana e bater com a cabeça é bom que chegue ao hospital e estejam médicos “brancos” disponíveis para o tratar porque, se não for o caso, apenas um acto de hipocrisia o poderá ajudar.
Até o dono da equipa de NBA, LA Clippers, não passou impune a uma atitude menos saudável para o desporto e a sociedade do séc. XXI. Donald Sterling vê acrescentada a uma multa de 2,5 milhões de dólares um cartão de “banido para a vida” de um clube que detém desde 1981 e de uma modalidade que não conseguiu respeitar.

Mergulhando agora no que a verde diz respeito, podemos continuar a falar neste tal impacto das redes sociais.

Rúben Semedo teve uma atitude menos inteligente para com o clube no empate com o Porto B, após expulsão. Os facebookianos e twitterianos não perdoaram e rapidamente o jovem jogador pediu desculpa pelo sucedido, através dos mesmos meios, realçando que nunca quis afectar o bom nome da instituição que representa.

"Apenas te mostrámos o cartão amarelo Rúben! Ainda que tenhas revelado carácter para tentar emendar uma reacção impulsiva sabes agora que isto não é uma república das bananas. O Sporting somos todos nós e também participamos na formação ideológica dos jogadores. Temos olhos por toda a parte e continuamos a desejar-te todo o sucesso do mundo enquanto sentires o peso da camisola."

Se isto não é uma república das bananas, há quem já se tenha apercebido disso.
Todos os dias há mais fulanos A, B e C interessados em prestação de serviços dos nossos jogadores mas tal não passa de letras em fundo branco. Há sites em que podemos ver 4 ou 5 clubes associados ao Rojo e 10 ou 15 ao William. O Slimani esteve associado ao Nápoles e o Patrício a mais 50 clubes mas a direcção tem mão firme e "No Money, No Funny". A terem que ser vendidos terá que ser um bom negócio para todas as partes e isso implica terem-se acabado os saldos há algum tempo pelos lados de Alvalade.

Ainda me tira algum sono saber que vendemos 40% do passe do William há uns anos pelo valor de 400 mil euros. Isto significa que o jogador estava avaliado em 1 milhão de euros e tal negócio foi feito sem acreditar na inflação que o rapaz inventou. Temos de acreditar nestes "booms" qualitativos para não cairmos em descrédito do nosso próprio trabalho e todos os esforços estão a ser feitos para recuperar passes importantes. Lá está! Não podemos ser bananas quanto a isto...

Com as forças que me sobram, falo inevitavelmente da noite de Cristiano Ronaldo. Bastava apenas uma batata para chegar aos 15 e bater o recorde de golos de uma só edição da Champions League. Aconteceu ainda na primeira parte do jogo em Munique mas lá para o final da partida deu para tornar ainda mais inatingível esta meta. Quando toda a barreira saltou à espera de um remate explosivo em banana... bem, desculpem lá mas esta vai pelo rés-do-chão!

São 16 tentos, marcou em todas as equipas que defrontou nesta época na Champions, vai ter direito a nova presa na final e está apenas a 4 golos do melhor marcador de sempre, Raul.

Não vejo nenhum outro jogador que chegue com este gás ao Mundial, senão o Bola de Ouro!

 

Verde, logo existo!