adire

Verde

por 8 de Outubro de 2013Os textos do Damas0 Comentários

Verde é a cor da esperança como diz o “povo”, mas no Sporting, neste momento, verde é também a cor da alegria e do entusiasmo. Era impossível imaginar um início de época tão empolgante, ainda combalidos da pior época de sempre, difícilmente a direcção e os adeptos conseguiam antever um início de campeonato tão positivo como este. Um cenário perfeito que em tons de verde, tem devolvido vida e esperança em Alvalade.

O que muitos adversários, jornalistas e ´paineleiros´ não entendem ou teimam em não entender, é o facto de que neste momento não existe nenhuma onda verde, nem nenhum «cantar de galo» por parte dos Sportinguistas. Existe sim, a satisfação e o orgulho, por ver onze leões a defender com suor, vontade, garra e profissionalismo, o símbolo que trazem ao peito. É mentira que existe uma falsa modéstia e é verdade que ainda ninguém tirou os pés do chão, tal como diz o nosso presidente: “Não podemos passar do pior ano de sempre para o melhor de sempre.”

Sem vedetas ou estatutos o Sporting este ano luta jogo a jogo. Neste momento os leões são uma equipa humilde, sempre com uma atitude ambiciosa. Tem uma entrega total e uma profunda dignidade, são solidários e acreditam naquilo que fazem. Um Sporting que não custou milhões, que não foi gerido «às três pancadas» mas que, no entanto, tanto orgulho nos tem dado.

Hoje, estamos em segundo lugar, temos o melhor marcador – e que jogador! – e a melhor defesa. Temos um grande treinador e um excelente presidente. Temos 7 jogadores da formação no onze titular. Somos o clube que mais adeptos leva aos estádios. Temos uma curva sul que proporciona momentos de sportinguismo marcantes na vida de um adepto. Hoje temos tudo, hoje temos o Sporting, outra vez!

Mas para lá destas estatísticas, existem ainda outros factores que me deixam maravilhado, tais como: Os festejos da equipa no momento dos golos, os abraços entre Marcelo e Rinaudo, a maneira discreta mas intensa como Leonardo Jardim comemora os golos, os longos aplausos de todos os jogadores e elementos da direcção para todas as bancadas do estádio. Em Alvalade, respira-se "um Sporting" muito saudável. Respira-se muita confiança e vontade de triunfar.

Devolver o Sporting à sua grandeza, devolver aos adeptos e ao clube, as conquistas, é o objectivo. E que bom é escrever sobre este Sporting, este que está pintado de um verde alegre e entusiasta.