poist

Segundo eles…

por 20 de Abril de 2013Hoje é dia de Sporting0 Comentários

Nota prévia: Isto será dito à minha maneira. Tal e qual como fazem os jornais.

Em semana de derby, a comunicação social foi impiedosa na tentativa de destabilizar o clube, o treinador e os jogadores.

Jesualdo estava na corda bamba. Diziam eles que não tinha condições para continuar, que estava velho ou que não gostava do penteado de Bruno de Carvalho. Rápidos e pertinentes, como sempre, facilmente descobriram o homem que se seguia. Vinha do Brasil. Treinou o “Tijuca” e ao que tinham apurado, as negociações decorriam num ritmo estonteante. Segundo eles, que deram Roberge como certo, esta semana o Sporting voltou ao mercado. Vem também o Jusué, o Jeffreson, um amigo do Carrillo, o Hugo Viana e fez-se mais um forcing para contratar o Bebé. Segundo eles, há umas semanas atrás, Bruno de Carvalho iria demitir-se, não tinha conseguido aguentar a pressão e tinha decidido fugir com o rabinho entre as pernas. Segundo eles, ontem, o assunto Ghillas passou a sercaso encerrado. O noticiado direito de preferência sobre o jogador argelino perdeu efeito, porque supostamente o acordo terá sido apalavrado com a anterior direcção. Faltam aqui mais algumas mentiras, mas eu já estou farto e cansado de tanta asneira junta…

Esta semana foi pródiga em notícias, boatos, difamações e buscas incessantes de intrigas. Segundo eles, o Sporting contrata todos, o Sporting não tem treinador para o futuro e o Presidente não sabe onde se meteu. Os jornais, cada um ao seu estilo e com a sua preferência clubística vincada, vendem histórias sem fundamento, oferecem mentiras coladas a cuspo, na simples tentativa de vender.

Estes são alguns dos exemplos daquilo que se noticiou esta semana. Mas, longínquos vão os tempos em que os Sportinguistas se deixavam embalar por histórias da carochinha. Hoje, mais batidos neste jogo de hipocrisias e mentiras, a maior parte dos que de nós raras vezes compra um jornal desportivo, é sinal e sinónimo de que o Sporting fez algo de importante. O que eles não esperavam e ainda não perceberam é que este é um Sporting diferente. Aquilo que muitos de nós já percebeu – agora que existe alguém com “eles” no sítio – ainda não foi totalmente digerido pela comunicação social. E, após várias notícias caluniosas, a direcção do Sporting tomou uma notável atitude e emitiu um comunicado exigindo respeito pelo clube que mais oferece ao futebol português. Para bom entendedor, o comunicado foi mais do que suficiente. Este é o caminho. Faltando-nos os meios dos outros clubes - Benfica Tv, Porto Canal -, o departamento de comunicação do Sporting tem de se mostrar activo e intransigente na relação com grande parte dos media.

Agora, falando a sério de futebol, amanhã vamos defrontar o adversário mais forte do campeonato. A deslocação a Carnide não se avizinha tarefa fácil, mas eu, um sonhador por natureza, sou incapaz de vaticinar uma derrota. Reconheço a superioridade do Colo-colo, mas o Sporting tem as suas armas para combater, não de igual para igual, mas olhos nos olhos. A experiência de Jesualdo e a juventude da equipa podem resultar numa combinação bonita. A pressão está do lado deles, os fantasmas do ano passado pairam no ar e nós temos de aproveitar tais factores.

Na antevisão da partida, Jesualdo Ferrreira sabe que «Há uma grande diferença entre Benfica e Sporting, nomeadamente de objectivos, mas da nossa parte existe a vontade de fazer as coisas muito bem, de discutir o jogo e o resultado. Vai haver uma maior pressão por parte dos sócios do Benfica, que vai jogar com uma pressão adicional porque sabe que não pode perder pontos. Vamos pôr tudo o que temos neste jogo. Há um comprometimento e uma grande ambição de querer ganhar».


Eu sinto que a equipa do Sporting está unida, que o clube está a levantar-se aos poucos e o Andebol e o Futsal podem servir de mote para o jogo de amanhã. Como se costuma dizer: "não há duas sem três". Fazendo minhas as palavras de Rui Patrício: «Somos o Sporting e vamos à Luz para ganhar».

No já habitual onze d´As Redes do Damas jogariam: guarda-Redes: Rui Patrício; defesas: Miguel Lopes, Ilori, Rojo e Joãozinho; no meio-campo: Rinaudo, Dier e André Martins; na frente: Bruma, Capel e Van Wolfswinkel.

Sporting Sempre.