post-1.3

Resultado: 1-3

por 1 de Abril de 2013Hoje é dia de Sporting0 Comentários

Desde a passada sexta-feira, o Sporting contabiliza três jogos: dois em juniores, a contar para a Final Four da NextGen Series, e um da equipa B, a contar para a 2.ª Liga. Por mera coincidência, em todos os jogos realizados o resultado foi o mesmo, só mudou o vencedor. 

Sexta-feira, em Itália, os jovens leões não foram brindados com o factor sorte. O resultado é totalmente enganador. Em 90 minutos, o Sporting foi claramente superior à equipa inglesa e, apesar do estado vergonhoso do relvado, a equipa mostrou-se solta, com entusiasmo e apresentando um futebol agradável, na medida do possível. Esta equipa esteve perto de alcançar a final do torneio e fazer história, mas as circunstâncias do jogo deixavam antever o pior. A bola decidia bater na barra, o árbitro decidia não validar um golo limpo e o azar nunca deixou de pairar sobre os nossos rapazes. O jogo arrastou-se para o prolongamento e, neste período, os jovens leões quebraram física e mentalmente, acabando o Aston Villa por vencer a partida por 1-3.

No sábado, em Rio Maior, o Sporting B voltou a perder, mas frente à equipa do pássaro. Num jogo que “durou” apenas 35 minutos, o Sporting jogou bem e adiantou-se no marcador, contudo, aos 32 e 35 minutos, o pássaro vindo de Braga – o Man of the Match Luís Ferreira -, com duas jogadas perfeitas, sentenciou a partida e ajudou a carimbar o resultado final em 1-3. É urgente saber se, como vem sendo hábito, o que aconteceu no sábado em Rio Maior foi apenas mais um mau árbitro a arbitrar um jogo, se foi apenas um dia mau para o artista ou se se tratou de um aviso para aquilo que o Sporting pode esperar hoje no estádio AXA. Amanhã dará para fazer as contas.

É costume dizer-se que depois da tempestade vem a bonança, e o certo é que, ontem, os jovens leões conquistaram o Bronze naquela que é considerada a prova mais importante do futebol de formação. Com a vitória frente ao Arsenal por 1-3, o Sporting terminou a prova em 3.º lugar. Abel está de parabéns, bem como toda a equipa que, ao longo da edição da NextGen, foi digna representante do Sporting e de todo o Portugal.


Foco-me precisamente na vitória de ontem frente ao Arsenal e quero associá-la como sendo um bom presságio para mais logo. Hoje, em Braga, o Sporting volta a defrontar “arsenalistas” e, para José Peseiro, o jogo frente aos leões será uma final e «mais uma que queremos ganhar». O Braga vem de quatro vitórias consecutivas, mas perdeu a sua principal referência no ataque, o que torna a equipa minhota claramente menos eficaz. Por outro lado, Jesualdo Ferreira sabe que o Sporting tem «vindo sempre a correr atrás dos resultados dos outros» e que, por essa razão, quer uma equipa com personalidade e muito trabalhadora. O professor está ciente de que se trata de um jogo difícil, mas não deixa de reiterar que, com humildade, força e confiança, o Sporting pode vencer.

O adversário é um osso duro de roer, é certo, mas acredito que esta equipa do Sporting tem talento para vencer na “pedreira”. Uma vitória será logicamente importante para a conquista dos objectivos mínimos, e igualmente essencial para esta nova era que o clube vive. Será bom ver como reagem os jogadores a esta mudança no clube, esperando eu que o entusiasmo e a alegria vividos no dia das eleições tenham contagiado os jogadores da mesma forma que contagiaram a massa adepta Sportinguista. Acredito que o Sporting tem capacidades para ganhar e, em jeito de aposta, com as coincidências à mistura, o meu palpite é de 1-3.



No onze d´As Redes do Damas, mais logo jogariam: guarda-Redes: Rui Patrício; defesas: Miguel Lopes, Ilori, Rojo e Joãozinho; no meio-campo: Rinaudo, Dier e Labyad; na frente: Bruma, Capel e Van Wolfswinkel.

Nota final: hoje é o dia ideal para os bracarenses afirmarem que são o 3.º grande do futebol português. Este, que é o dia das mentiras, é também conhecido como dia dos bobos. Hoje é aquele dia em que ninguém leva a mal que um clube que ganhou uma Taça de Portugal se compare a um clube que foi 18 vezes campeão.

Sporting Sempre.