agora4

O Santo e o Rei

por 15 de Fevereiro de 2013Os textos do Damas0 Comentários

Rui, o “Mula”, – como é conhecido aqui nos Marrazes – faz hoje 25 anos de idade e nós, aqui n´As Redes do Damas, queremos deixar uma mensagem de parabéns em forma de agradecimento.

Puxando a cassete uns anos atrás, nas primeiras duas épocas, Rui Patrício foi muito criticado. Ouvia-se repetidas vezes que Paulo Bento não estava ciente das suas ideias e que este tipo de situações só eram passiveis de acontecer num clube como o Sporting. Alguns adeptos achavam inconcebível que Stojkovic não fosse titular, achavam surreal que um miúdo de 19 anos defendesse a baliza do Sporting e eram totalmente implacáveis com os erros normais de quem sente o peso da mais bela camisola.

Apesar de ser apupado e ouvir das bancadas alguns sportinguistas cantarem pelo sérvio, Rui Patrício continuou de cabeça erguida - expressão que ele tanto utiliza - e a acreditar nas suas enormes capacidades. Aos 19 anos era um aposta arriscada e hoje, aos 25, é um dos melhores guarda-redes do mundo e um símbolo do Sporting Clube de Portugal.

Lembro-me que no seu jogo de estreia no campeonato nacional, a 15 minutos do fim da partida, frente ao Marítimo, no estádio dos Barreiros, Rui Patrício defende um penalty e garante os três pontos para o Sporting. Recordo-me também que se estreou em provas europeias, no mítico teatro dos sonhos, em Old Trafford. O "Mula" fará a sua sétima época de leão ao peito e é claramente, e merecidamente, o sucessor de Vítor Damas. A baliza sul de Alvalade tem dono mas, hoje, acho que seria justo atribuir à baliza norte, o nome de Rui Patrício.

Depois da sua renovação, o guardião deixou bem vincada a sua lealdade ao clube. Passou a mensagem aos futuros leõezinhos de que o Sporting nunca pode servir como rampa de lançamento para outros clubes, mas sim, que jogar pelo Sporting e representar o Sporting é, por si só, o topo.

Rui Patrício sempre foi fiel e continua a demonstrar que Alvalade é a sua casa. Para lá das suas monstruosas defesas, as suas atitudes, os seus comportamentos, mas, principalmente as suas acções, fazem do guarda-redes leonino e titular da selecção nacional, o mais respeitado leão por parte dos adversários e o mais adorado da nação leonina.

«Rui Patrício é um dos melhores do Mundo». As palavras podiam ser nossas mas são de Cristiano Ronaldo. O número 1 leonino já foi associado ao Real Madrid, Barcelona, Inter, Bayern de Munique e a outros clubes. Rui Patrício estará certamente na órbita de um grande europeu e com exibições como as que tem protagonizado, todos sabemos o que pode acontecer no fim desta época.

É complicado carregar o fardo de um clube com mais de 100 anos de história, mas o sucessor de Vítor Damas é, neste momento, o representante da nossa identidade e dos nossos valores. Tem sido em São Patrício que os adeptos têm depositado a fé e a esperança. Tem sido através do Rei Patrício que os Sportinguistas têm encontrado forças para lutar por este clube.

Hoje, no alto dos seus 25 anos, Rui Patrício é o estandarte do Sportinguismo, é o remédio para todos os males e a cura para todos os problemas. É um guarda-redes tão grande como os maiores da Europa. É um predestinado ao êxito. É um homem que nasceu com um dom e que o utiliza como arma para chegar aos patamares que só os melhores do mundo chegam. O resultado está à vista de todos. O nosso guardião caminha a passos largos para esse patamar.

Parabéns Rui e obrigado por aquilo que tens feito pelo clube do meu coração. Como diz um adepto leonino: "Tal como o meu pai e o meu avô me falaram de Vítor Damas, eu falarei de Rui Patrício aos meus filhos e netos."

Ass: Sporting Sempre.