leoazinho

Gostei muito de te ver, Leãozinho.

por 17 de Fevereiro de 2013À saída do estádio0 Comentários

A aposta na juventude e na formação do Sporting, foi um tema já muitas vezes debatido e apontado como uma das soluções para o futebol sénior dos Leões. Ontem, o Sporting apareceu diferente e isso deve-se a um leãozinho, que mesmo a andar aos tropeções, mostrou ter capacidade e talento para vir a ser o rei da selva.

O onze escalado por Jesualdo Ferreira para a partida em Barcelos, trouxe novidades e muita ireverência.

O Sporting tem uma entrada demolidora com dois golos em 10 minutos. Pouco depois do minuto 20 e com o jogo controlado por parte da equipa leonina, Tiago Ilori - inexperiente - perde a bola em zona proibida e o avançado gilista, Hugo Vieira, oportuno, atira a contar. O golo causou trimideiras e o adversário começou a acreditar que podia chegar ao empate, contudo até ao termino da primeira parte, a melhor ocasião de golo pertenceu ao Sporting, num remate de Bruma que sai ligeiramente ao lado da baliza.

Na segunda parte o Sporting voltou a entrar bem. Com uma boa troca de bola e com um meio campo mais compacto que o habitual, a equipa tentou segurar o jogo e procurar o golo que trouxesse novamente a confiança necessária. Com o arrastar do jogo, a equipa foi perderdo frescura fisica e o Gil Vicente voltou a carga na procura do segundo golo. Numa perda de bola e com a defesa desposicionada, a equipa acaba por sofrer o golo do empate. Joãozinho fica muito mal na fotografia. Sem baixar os braços, este jovem leão foi à procura dos três pontos e por volta do minuto 60, numa investida pelo corredor direito, Miguel Lopes cruza e Capel, o aniversariante, em grande estilo faz o terceiro do Sporting. Até ao fim, ainda se sofreu, ainda nos roubaram mais um penalty, ainda tivemos uma bola na barra mas a vitória não nos fugiu e é inteiramente justa.
Mas o jogo de ontem, vai muito para além disto. O Sporting, o de Portugal, jogou com sete portugueses e com uma média de idades de 21 anos. O leãozinho, ontem apesar de inexperiente, afiou as garras e entrou para ganhar. Os "miudos" trouxeram a esta equipa espirito de sacrificio e de combate. Os "miudos" trouxeram tambem talento e vontade. Este leãozinho que ainda está a dar os primeiros passos, tem indicios muito promissores.

Zezinho, Tiago Ilori, Eric Dier, Ricardo Esgaio e Bruma são - sem querer embandeirar em arco -, a prova provada da excelente academia leonina. O futuro vem da formação. Estes miudos mostraram aos mais velhos, como se usa a camisola, como se tem vontade em ganhar e como se dignifica o Sporting clube de Portugal. Estes miudos  ontem devolveram aos adeptos, a alegria e a vontade de os ver crescer de leão ao peito.    

Ass: Sporting Sempre