now23

O tempo.

por 5 de Janeiro de 2013Hoje é dia de Sporting0 Comentários

Já não era sem tempo.

Depois do último jogo disputado a 10 de Dezembro em Alvalade, os responsáveis do Sporting, decidiram submeter o relvado a mais uns tratamentos – deve ser o 22º -, dizem os responsáveis que no jogo de hoje, serão evidentes e consideráveis as diferenças do terreno de jogo. E como de bom pouco se escreve, vou continuar, nestes pequenos detalhes de melhorias significativas. Agradável de ler, foi também a noticia sobre a promoção de Zezinho e João Mário para o plantel principal. O Sporting para esta época já não tem objectivos, nem qualidade, nem condições, de chegar a uma razoável posição na tabela classificativa. Por estas razões e face à catástrofe provocada pelo furacão Godinho, é de aproveitar, o talento e a categoria dos jovens jogadores leoninos. Sendo para uns, uma aposta a ter em conta, e para outros, a resolução dos problemas, era agradável que os adeptos não começassem a assobiar, como fizeram com outros “miúdos”.  
Agradável foi também saber que Jesualdo Ferreira decidiu arrumar a casa e meter os pontos nos I´s.  Rui Patrício, como e lógico e óbvio, é o capitão dos capitães. O homem com mais anos de casa, é neste momento, um dos poucos jogadores – e bem distanciado dos outros – que honra e representa o Sporting à sua escala. Rinaudo também tem o perfil de líder, bem como Scharrs. Ao Argentino e ao Holandês faltam os anos de casa e muito do amor à camisola, mas o seu profissionalismo, a sua maturidade e experiência, fazem deles jogadores influentes e aptos a capitanear a equipa 

Quanto tempo falta para se decidirem?

Neste turbilhão de novidades, falou-se num possível regresso do Levezinho. Recordando os tempos que passou em Alvalade, não era de hesitar mas metendo a mão na consciência, julgo não ser o avançado que o Sporting necessita. Liedson deu-nos muito, marcou golos magistrais e decisivos. Liedson levantou os adeptos, ajudou muito o Sporting e será relembrado como um dos melhores que passou pelo nosso clube, mas para tudo na vida, existe um fim. A saída de Liedson fechou um ciclo bonito e hoje o levezinho com 36 anos não será o mesmo certamente. O Ghillas também não serve, então, e vão a tempo de ir buscar um ponta de lança? ou não conseguem?

Pararam no tempo?

E o Marat Izmailov já esta no Porto? já passou nos testes? e quem é que o Sporting vai receber em troca?
Parece que o sr. Engenheiro e o sr. Presidente do clube corrupto, andam a brincar aos melhores amigos. Já ofereçemos maças podres, estamos prestes a dar mais uma e ainda somos confrontados com uma possível parceria ao estilo italiano.
Claro que para o “D.Corleone”, isto é ouro sobre azul. Como pode o Sporting equacionar a hipótese de criar relações com um clube comandado pelo o “Padrinho” do futebol português? Este senhor,  já espezinhou o Sporting, já o enxovalhou em praça pública e pouco falta para lhe cuspir na cara. Esta aliança em nada será benéfica para o Sporting e ao ser consumada, o Sporting mais que nunca, estará a cavar a sua própria sepultura. Isto não pode ser uma decisão tomada por Godinho. Os sócios, -pois são esses que mantém o clube vivo- deviam ter uma palavra a dizer. Temos que apelar ao bom senso e pedir que acabem com esta palhaçada enquanto é tempo.

Ainda vamos a tempo?

Hoje jogamos em casa frente ao 4º classificado, o Paços de Ferreira. A equipa da capital do móvel, é a equipa sensação da primeira volta do campeonato. Os “castores” entram para esta partida com sete pontos de vantagem em relação ao Sporting. Os bilhetes são a partir de 6 euros – deviam ser de borla -, o relvado estará bom mas será que a equipa vai querer lutar contra o tempo? 
É tempo do Sporting voltar a ganhar, estamos com saudades e sedentos de vitórias. Já não era sem tempo, voltar a jogar as 18h, ter casa cheia e festejar uma vitória. 

Credo! parece que isto já foi há tanto tempo…